[email protected] | (62) 3624.2568

Curso de ventosaterapia Kangendô

Curso de ventosaterapia Kangendô

O curso de ventosaterapia Kangendô é realizado em várias cidades do Brasil. Vários alunos já se formaram em turmas nas cidades de Brasília, Blumenau e Rio de Janeiro. Em Goiânia, sede da Kangendô, o curso ocorre uma vez ao ano. Ele é um método exclusivo da escola, desenvolvido pelo Sensei Valério Lima. O curso se baseia no conceito dos meridianos, acupuntos e no tratamento por zonas distais, com enfoque nas técnicas da ventosaterapia oriental da China, Japão e Coreia.

O tem carga horária de 20 horas e tem como público-alvo: acupunturistas, médicos, enfermeiros, educadores físicos, fisioterapeutas, biomédicos, farmacêuticos, biólogos, massoterapeutas, nutricionistas, fonoaudiólogos, terapeutas, odontólogos, praticantes de artes marciais, terapeutas ocupacionais, psicólogos e demais profissões da área da saúde podem fazer o curso de ventosaterapia.

No curso, o(a) aluno(a) vai aprender sobre as técnicas de sucção manual, as técnicas adicionais, a teoria e a prática com ventosa de sucção, manipulações com ventosas, métodos de sangria, técnica da toalha de fogo e os tipos de tratamento em que a ventosaterapia é indicada.

Dentro do método da ventosaterapia Kangendô é utilizado guasha e a toalha de fogo. Ambos são métodos antigos que servem para complementar o tratamento da ventosa. “Esse método que desenvolvi após muitos anos de estudo e pesquisas, visa obter resultados rápidos e efetivos não só nos tratamentos das dores crônicas e agudas mas, também em outros tipos de patologias”, afirma.

Recurso muito utilizado

No atendimento dos seus pacientes em consultório, cuja procura é grande, Valério reforça que a ventosaterapia Kangendô é um dos recursos mais utilizados. “A ventosaterapia é muito usada dentro da medicina oriental. A técnica remonta ao início da medicina tradicional chinesa. Era utilizada em várias culturas diferentes como no Egito, Oriente Médio e povos muçulmanos. Hoje ela está bastante disseminada no mundo, especialmente no Brasil. E, claro, quando atendo meus pacientes a utilizo bastante devido aos seus resultados efetivos”, explica.

Mercado promissor

Atletas profissionais e amadores, pessoas praticantes de atividades físicas regulares ou não, e até mesmo profissionais que acumulam muitas tensões no trabalho durante o cotidiano, tem procurado a técnica da ventosaterapia para o alívio da fadiga muscular e dores. Logo, profissionais da saúde que desejam agregar mais valor ao seu serviço buscam especializar-se para atender a demanda, que tem sido crescente no Brasil.

Embora a ventosaterapia seja uma técnica bem antiga, tornou-se mais conhecida após o atleta da natação, Michael Phelps, aparecer cheio de hematomas roxos pelo corpo durante os Jogos Olímpicos de 2016.  Além dele, o atleta do futebol, Neymar, frequentemente deixa claro que também faz tratamento por meio da ventosaterapia.

Ficou interessado(a) no curso de ventosaterapia Kangendô? Então preencha seus dados e aguarde o nosso contato.

Com DDD

1 comentário. Adicione o seu.

  1. Elisângela

    Eu pretendo me familiarizar com esta arte

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *